Huffpost Brazil

Movimento de 'Volta, FHC' para 2018 provoca desconforto dentro do PSDB

Publicado: Atualizado:
FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
Tânia Rêgo / Agência Brasil
Imprimir

A menos de dois anos da disputa pela Presidência da República, setores do PSDB se incomodaram com o movimento 'Volta, FHC', título do artigo publicado pelo amigo e assessor do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Xico Graziano, nesta quinta-feira (3), na Folha de S.Paulo.

"Creio que somente o nome do ex-presidente FHC se legitima, pela vasta experiência, sensatez e sabedoria, para nos conduzir nessa difícil travessia", defende o chefe de gabiente do tucano no período à frente do Palácio do Planalto.

Segundo o assessor, "FHC representa a decência na vida pública" e seria capaz de conduzir o País tanto em 2018 quanto num mandato tampão caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) casse a chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer e sejam convocadas novas eleições.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, nomes ligados ao presidente do PSDB, Aécio Neves, e ao ministro de Relações Exteriores, José Serra, qualificaram a iniciativa como "maluquice".

Já o secretário-geral da legenda, deputado federal Silvio Torres (PSDB-SP), considerou o momento inadequado. "É um assunto que veio em um mal momento, quando o partido está tentando buscar acordos internos, e ele vem com uma proposta que está fora do centro", disse ao Estado.

No mesmo dia da publicação do artigo, o ex-presidente negou intenções de voltar ao Palácio do Planalto.

"A propósito de comentários sobre uma eventual candidatura à Presidência da República esclareço, do exterior, onde me encontro, que jamais cogitei dessa hipótese nem ninguém me consultou sobre o tema", esclareceu.

No artigo, Graziano destacou que "partidos políticos estão fossilizados" e que "venceram aqueles que sinalizaram distância do fisiologismo". De acordo com ele, a eleição de candidatos como João Doria (PSDB), em São Paulo, Alexandre Kalil (PHS), em Belo Horizonte e Marcelo Crivella (PRB), no Rio de Janeiro, representam "a vitória contra a embromação política".

LEIA TAMBÉM

- Aécio detona discurso de 'antipolítico': 'Nada mais manipulador que negar a política'

- Lava Jato: Governo FHC vira alvo de inquérito da Polícia Federal

- Serra diz à Rádio ONU que xenofobia e muros não ajudam refugiados no mundo

Também no HuffPost Brasil:

Close
Eleições municipais 2016
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção