Huffpost Brazil

Funcionário do McDonald's com síndrome de Down comemora 30 anos no emprego

Publicado: Atualizado:
Imprimir

russell ogrady

Um funcionário do McDonald’s com síndrome de Down está comemorando 30 anos no emprego.

Russell O’Grady tinha 18 anos quando foi fazer um estágio no McDonald’s de sua cidade, em Northmead, na Austrália.

Agora, com 48 anos, O’Grady está comemorando seu 30° aniversário no emprego.

Ele trabalha meio período, três vezes por semana, limpando as mesas, retirando as bandejas e cumprimentando os clientes.

O’Grady se tornou um membro tido em alta consideração pela equipe e é um tipo de celebridade entre os moradores da cidade.

russell ogrady
Russell O’Grady, quando começou a trabalhar no McDonald’s.

O’Grady foi contratado pelo McDonald’s graças ao Jobsupport, um programa para ajudar pessoas com deficiências intelectuais a encontrar trabalho.

Em comemoração aos 30 anos de serviço prestados à rede de fast-food, a equipe do restaurante lhe ofereceu uma festa com um lindo bolo.

Nikita Vandaru, que oferece treinamento no Jobsupport, disse que o emprego ajuda O’Grady a se sentir parte da comunidade.

“Quando o vejo trabalhar, a todo momento um cliente para e conversa com ele. Ele sempre abre um enorme sorriso quando eles se aproximam”, Vandaru disse ao jornal Daily Telegraph.

Falando anteriormente em seu 20o aniversário na empresa, Geoff O’Grady, pai de Russell, divulgou um sincero agradecimento ao McDonald’s e ao Jobsupport por tudo o que fizeram por seu filho.

“Sem essa iniciativa, muitas pessoas como Russell não teriam os empregos que têm hoje e não teriam a recompensa que isso proporciona a eles, que é o orgulho, aumento de sua autoestima e se sentir importantes e parte da sociedade”, disse.

“Isso dá a eles razão para existir.”

russell ogrady
Russell O’Grady em seu 30o aniversário no emprego.

No começo deste ano, o McDonald’s ofereceu uma grande festa de aposentadoria para outra funcionária com síndrome de Down.

Depois de 32 anos trabalhando para a empresa, Freia David decidiu pendurar as chuteiras.

Para agradecê-la por todo seu esforço, a rede de fast-food organizou uma enorme festa em Massachusetts com bexigas e um bolo.

Em entrevista à rede Fox25, o diretor de operações do McDonald’s, Bob Broughton, disse que a unidade não será a mesma sem ela.

“Seus sorrisos, seu entusiasmo e abraços diários tornaram nosso restaurante mais do que apenas um restaurante”, disse. “Nós nos tornamos parte da família de Freia.”

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost UK e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Cinema de inclusão: 7 filmes com olhar sensível sobre a síndrome de Down

- A linda história de Judith Scott, artista com síndrome de Down que nunca falou uma palavra

- Chefs com síndrome de Down comandam festival beneficente de hambúrguer em SP

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
A beleza das crianças com síndrome de Down
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção