Huffpost Brazil

Sérgio Moro: 'Jamais entraria para a política'

Publicado: Atualizado:
MORO
MIGUEL SCHINCARIOL via Getty Images
Imprimir

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato, decidiu dar sua primeira entrevista após dois anos e meio de investigações no esquema de corrupção da Petrobras. Em conversa com o Estadão. Entre as primeiras respostas deu um aviso: "Jamais entraria na política".

Durante uma hora de entrevista, Moro falou sobre problemas na proposta da Lei de Abuso de Autoridade, defendida pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e defendeu restrições ao foro privilegiado nos três poderes. “O ideal seria, realmente, restringir o foro privilegiado, limitar a um número menor de autoridades. Quem sabe, os presidentes dos três Poderes.”

Sobre a Operação Lava Jato, diz que o que mais lhe "chamou a atenção" talvez "tenha sido uma quase naturalização da prática da corrupção." "Também a constatação, e aí me refiro a casos que já foram julgados, de que algumas pessoas que haviam sido condenadas na ação penal 470 (mensalão no Supremo Tribunal Federal) persistiam recebendo propinas nesse outro esquema criminoso na Petrobrás. Foi uma coisa bastante perturbadora", completou.

Ler toda a história em O Estado de S.Paulo

Também no HuffPost Brasil

Close
Entenda a Operação Lava Jato
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção