Huffpost Brazil

A linda amizade entre uma garotinha de 4 anos e um idoso triste pela perda da esposa

Publicado: Atualizado:
Imprimir

norah

Um supermercado na Geórgia, nos Estados Unidos, foi palco do nascimento de uma bela - e improvável - amizade.

Junto à mãe, Tara Wood, a garotinha Norah, de 4 anos, percorria o supermercado avisando aos clientes que era o seu aniversário. Ela estava muito animada com a comemoração da data.

Um dos clientes da loja era Dan Peterson. Quando ele passou, Norah acenou animadamente e disse "olá, velhinho! Hoje é o meu aniversário!", conta a mãe.

Peterson, que tinha um olhar de seriedade, suavizou a expressão ao ver que a pequena estava falando com ele.

"Olá, mocinha! Quantos anos você está fazendo?", ele perguntou.

Segundo a mãe, os dois conversaram por alguns segundos, em uma cena muito adorável. Minutos depois, quando já tinham se despedido, a garotinha pediu para tirar uma foto com o velhinho. Ela e a mãe correram para alcançá-lo.

"Com licença, senhor? Ela gostaria de saber se o senhor tiraria uma foto com ela de presente de aniversário."

Dan olhou um pouco confuso, e depois, muito alegre:

"Uma foto? Comigo?"

"Sim, senhor! Para meu aniversário!"

Então os dois tiraram a foto e se abraçaram como se fossem amigos de longa data. Tara disse que ela e a filha lhe agradeceram por ter dedicado alguns minutos do dia a elas. Dan respondeu, com os olhos cheios de lágrimas:

"Não, eu que agradeço. Este é o melhor dia que tive em um bom tempo. Você me deixou tão feliz, senhorita Norah."

O post de Tara viralizou e alcançou uma amiga de Dan, que contou a Tara que a mulher dele, Mary, havia morrido há pouco tempo. Tara então ligou para ele e foi visitá-lo com a filha. Norah levou a foto que tinham tirado juntos, em um porta-retrato, alguns desenhos coloridos por ela e uma sacola cheia de docinhos e chocolates.

Desde então, Dan e Norah vêm construindo essa linda amizade. A garotinha foi ao aniversário de 82 anos dele, e ambos se falam pelo menos uma semana. Norah se preocupa com a solidão de Dan, que contou à CBS News que o encontro com a garotinha no supermercado tinha sido em um dia bastante difícil para ele.

"Era um daqueles dias em que eu estava sentindo pena de mim mesmo. Estava me sentindo mal e duvidando das minhas crenças, e aquele encontro obviamente mudou minha opinião e elevou meu espírito a alturas que eu não conhecia já há um bom tempo."

Dan contou a Tara que não dormia bem há meses. "A tristeza e a ansiedade o faziam ficar acordado durante a noite, mas desde que conheceu Norah, ele dorme tranquilamente todos os dias. Ele disse que minha filha o curou”.

Recentemente, Tara divulgou o endereço postal de Dan para que as pessoas possam se corresponder com o (então) solitário velhinho.