Huffpost Brazil

Farra nas passagens: Ministros de Temer usam avião da FAB sem justificativas

Publicado: Atualizado:
Imprimir

jose serra

Passados cinco meses desde que Michel Temer passou a ser presidente, os ministros do governante do PMDB viajaram 781 vezes nos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). Alexandre de Moraes, da Justiça; José Serra, das Relações Exteriores, e Gilberto Kassab, da Ciência e Tecnologia, são os ministros que mais usaram os serviços da FAB sem divulgarem agendas com justificativa.

Acontece que, segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo, em 238 casos os ministros tiveram como destino ou origem a sua cidade de residência sem uma justificativa considerada adequada.

Por considerar que o "o custo da hora de voo das aeronaves militares é informação estratégica e, por isso, protegida", não é possível fazer a conta total de quanto custam os 238 voos sem justificativa dos ministros. Mas, informa o Estadão, um voo entre Brasília e São Paulo com um modelo parecido com as aeronaves da FAB, custa cerca de R$ 76 mil. O trajeto entre Brasília e Porto Alegre sai por R$ 136 mil. Já entre Brasília e Salvador o custo é de R$ 143 mil.

LEIA TAMBÉM

- Temer lança 'Cartão Reforma', programa similar ao de Dilma que foi suspenso no ajuste fiscal

- Governo Temer é ruim ou péssimo para 46% dos brasileiros, diz pesquisa

- Resistência: Mesmo com decisões judiciais, estudantes vão manter mobilização

Também no HuffPost Brasil

Close
Marcela Temer
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção