Huffpost Brazil

Silenciamento nunca mais! Mulher, negra e idosa, ela vai votar aos 107 anos

Publicado: Atualizado:
DONELLA
Reprodução/Wistv
Imprimir

Mulher, negra e idosa.

Donella Wilson tem 107 anos e não perde uma eleição desde que deu o seu primeiro voto na década de 40.

Filha de ex-escravos e nascida na Carolina do Sul, Donella não esconde a emoção de exercer o seu direito ao voto mais uma vez.

"Eu nunca pensei que iria viver para ver um dia como este. Tenho mais de 100 anos!", contou em entrevista ao WISTV.com.

Mas, o que para alguns pode ser uma obrigação, para ela é um grande evento, já que enfrentou diversos obstáculos ao longo da vida para exercer o seu voto.

A senhora, inclusive, obteve uma nova carteira de identidade para poder participar das eleições deste ano, segundo informações do Huffington Post. Donella acredita estar mais pronta do que nunca para poder ajudar a construir o futuro do seu país - e fazer valer a luta de tantas outras pessoas, mulheres e negras, para que ela estivesse ali votando.

"Nós não podíamos nem pensar em votar. Nós não sabíamos o que a palavra 'voto' significava ou que teríamos uma oportunidade de dizer algo e de votar, e rezávamos para que a votação ajudasse de alguma forma a raça negra."

Ela, que tem testemunhado vários eventos históricos ao longo dos anos, afirma que a eleição de Barack Obama para a presidência será sempre um marco.

Quanto à eleição desta terça-feira (8), Donella não tem dúvidas de que vai estar fazendo história novamente ao votar em Hillary Clinton para presidente.

"Estou ansiosa para que ela seja a nossa primeira presidente mulher!"

Nas urnas, disputa acirrada

Depois de uma campanha agressiva de ambos os lados, Hillary Clinton e Donald Trump se enfrentam nas urnas para decidir quem vai comandar os EUA e suceder o democrata Barack Obama na Casa Branca.

E, ao que tudo indica, a disputa vai ser apertada. Entre as pesquisas divulgadas nos últimos dias, a imensa maioria dá vantagem para a democrata, mas em uma margem bem apertada - ela aparece entre 3 e 6 pontos percentuais na frente de Trump, que diminuiu a distância nos últimos dias.

LEIA MAIS:

- Celebridades americanas vão às urnas - e registram tudo com selfies!

- Do cowboy à refugiada: 16 retratos das várias Américas em um dia de eleição

Também no HuffPost Brasil

Close
Famosos votando nos EUA
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção