Huffpost Brazil

7 conselhos de terapeutas para casais que perderam a paixão

Publicado: Atualizado:
Imprimir

tempo
Com tempo e esforço, você e seu parceiro podem se apaixonar de novo.

Os terapeutas frequentemente lidam com casais que enfrentam um dilema muito real: depois de anos e anos juntos, um ou ambos os parceiros não se sentem “apaixonados” como antes.

É possível se apaixonar novamente? Com certeza, mas isso demanda tempo e esforço de ambos. Abaixo, terapeutas de casais oferecem uma curta lista de conselhos que oferecem em seus consultórios.

1. Aceite que antes de tudo vocês terão que se esforçar em se apaixonar “de novo”.

A perda da paixão não aconteceu da noite para o dia. Apaixonar-se de novo vai demandar algum tempo também, explicou David McFadden, terapeuta de casais do Village Counseling Center, de Illinois, nos Estados Unidos. Para isso, reduza as expectativas e se pergunte: o que preciso fazer para “gostar” do meu parceiro ou parceira novamente?

“Perguntem-se: precisamos perdoar coisas que nos machucaram no passado antes de poder ‘gostar’ um do outro novamente? Nesse caso, comecem o processo de perdão”, sugeriu. “Recordar os passos que você deu para perdoar no passado pode ajudá-lo a retomar aquele caminho outra vez.”

2. Acabe com os padrões de comunicação destrutivos.

Se você e seu cônjuge são frequentemente infelizes, pode ser porque estejam presos em um padrão de reação negativo, possivelmente no padrão “perseguidor-distanciador”, disse Jennifer Chappell Marsh, terapeuta de família e casais de San Diego, na Califórnia.

Nesse padrão, o “perseguidor” no relacionamento reclama cada vez mais da falta de conexão no casamento. Como resultado, o “distanciador” evita o envolvimento, se afastando ou ficando na defensiva.

“A chance de conexão real é quase impossível neste ciclo vicioso”, disse Chapell Marsh. “Normalmente, quanto mais calado um parceiro, mais o outro fala e vice-versa. Se há uma chance para o casal se aproximar de novo, o perseguidor tem de focar em enviar a mensagem de uma maneira mais suave, e o distanciador precisa começar a se envolver mais emocionalmente no relacionamento.”

brigas
Uma mudança no modo de comunicação pode ajudar o casal.

3. Pergunte a si mesmo: quais qualidades me levaram a me apaixonar inicialmente por esta pessoa?

Você pode ser capaz de recuperar aquela chama ao relembrar as qualidades que, inicialmente, o atraíram para seu parceiro, disse Marcia Naomi Berger, psicoterapeuta e autora de Marriage Meetings for Lasting Love: 30 Minutes a Week to the Relationship You’ve Always Wanted (Encontros Amorosos para um Amor Duradouro: 30 Minutos por Semana para o Relacionamento que Você Sempre Quis).

“Sempre coloco essa questão para casais que querem permanecer casados durante a consulta inicial”, disse. “Pense sobre isso, então encontre uma razão para experimentar novamente sentimentos felizes da paquera, saindo semanalmente para um encontro divertido.”

4. Descubra alguns interesses em comum.

Não há nada de errado em crescer como pessoa e desenvolver interesses distintos. Torna-se um problema, no entanto, quando vocês começam a viver vidas paralelas. Compartilhe alguns de seus novos interesses com seu parceiro ou descubra novos hobbies em comum, disse Danielle Adinolfi, terapeuta de casais e família de Filadélfia.

“Façam um plano para passar um tempo envolvidos em atividades que ambos desfrutem”, disse. “Você e seu cônjuge podem ter se distanciado, mas podem voltar a se aproximar. Você pode acabar se lembrando do que costumava amar em seu parceiro.”

5. Tire o sexo do banho-maria.

Se você estiver desinteressado em seu casamento, é provável que o sexo não tenha estado no topo de sua lista de prioridades. Para recuperar essa centelha, faça um esforço intencional para se aproximar e tocar seu parceiro ou parceira. Considere o sexo e o contato íntimo como uma maneira de construir o amor, disse Melissa Fritchle, terapeuta de família e casais de Santa Cruz, na Califórnia.

“Pode parecer difícil, mas se comprometer a manter a proximidade física acesa é realmente importante”, disse. “O toque libera oxitocina, que ajuda a nos sentirmos ligados e relaxados. Muitos casais evitam o sexo e o carinho físico quando não estão mais apaixonados, mas trabalhar para reconstruir o contato sexual e gestos de carinho é uma peça-chave para reconstruir o amor e a intimidade novamente.”

6. Faça algo doce por seu parceiro.

O amor tem a ver com pequenas coisas. Para nos lembrarmos disso, pense em pequenos gestos que significaram muito para seu parceiro ao longo dos anos e, depois, os retome, recomenda o terapeuta McFadden.

“Elabore uma lista de coisas feitas quando tudo ia bem — gestos apreciados e que aproximaram vocês — e, depois, se esforce para fazer aquelas coisa novamente”, disse. Essas ações positivas têm um significado para seu cônjuge e devem ajudar a aproximar vocês.”

7. Não culpe seu parceiro pela distância.

Quando vocês têm estado infelizes há anos, é difícil não se sentir um pouco ressentido em relação ao seu cônjuge por não ter visto os sinais. Você pode pensar: “Por que meu parceiro [a] levou tanto tempo para perceber que nosso casamento está com problemas?”. Mas não se deixe levar por esses pensamentos, disse Berger.

“Não culpe seu parceiro por não ter lido sua mente”, disse. “Casais que querem permanecer casados precisam aprender a dizer ao outro o que querem, direta e respeitosamente. Quando os cônjuges se sentem seguros em se sentir vulneráveis entre si, provavelmente se apaixonarão repetidas vezes.”

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

Viver bem é o tipo de desejo tão universal que se tornou um direito. Mas não há fórmula ou mágica que o garanta, o que deixa, para cada um de nós, a difícil tarefa de descobrir e pavimentar o próprio caminho. A newsletter de Equilíbrio vai trazer a você textos e entrevistas sobre saúde mental, angústias, contradições e alegrias da vida. Assine aqui para receber novidades no fim de semana.

LEIA MAIS:

- 7 maneiras improváveis de dizer ‘eu te amo' todos os dias

- Acreditar no amor não deveria depender de casais famosos

- Junto ou separado? 10 verdades que os terapeutas de casal gostariam que você soubesse

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
casais mostram quem realmente são em suas fotos de noivado
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção