Huffpost Brazil

Americanos tomam as ruas contra eleição de Donald Trump

Publicado: Atualizado:
Imprimir

Milhares de pessoas saíram às ruas para protestar contra a eleição de Donald Trump em diversas cidades dos Estados Unidos na noite desta quarta-feira (9).

O maior protesto ocorreu em Nova York, onde 5.000 pessoas foram até a Trump Tower com cartazes "Not my president" ("Não é meu presidente") e gritando palavras de ordem contra Trump.

Muitos cartazes também lembravam das polêmicas da campanha eleitoral, como a construção de um muro contra imigrantes, e dos casos denunciados de abuso sexual.

De acordo com dados da polícia, ao menos 30 pessoas foram detidas durante os protestos na cidade.

Milhares de pessoas também foram às ruas na Filadélfia, em Chicago, Washington, Boston, Austin, Portland, Denver, San Diego, Oakland, Richmond, Nova Orleans, Los Angeles, San Francisco e Seattle. Os locais foram onde a candidata derrotada Hillary Clinton venceu Trump com larga vantagem.

Em Chicago, reduto eleitoral democrata, terra natal de Hillary, e cidade onde o atual presidente Barack Obama começou sua carreira política, alguns manifestantes exibiram bandeiras do México, em referência ao plano de Trump de construir um muro na fronteira com o país vizinho.

(Com informações da Ansa)

  • Los Angeles, Califórnia
    Patrick Fallon / Reuters
  • Los Angeles, Califórnia
    Mario Anzuoni / Reuters
  • Los Angeles, Califórnia
    Mario Anzuoni / Reuters
  • Los Angeles, Califórnia
    Mario Anzuoni / Reuters
  • Los Angeles, Califórnia
    Mario Anzuoni / Reuters
  • Oakland, Califórnia
    Stephen Lam / Reuters
  • Oakland, Califórnia
    Noah Berger / Reuters
  • Oakland, Califórnia
    Stephen Lam / Reuters
  • Seattle, Washington
    ASSOCIATED PRESS
  • Seattle, Washington
    ASSOCIATED PRESS
  • Seattle, Washington
    ASSOCIATED PRESS
  • Seattle, Washington
    ASSOCIATED PRESS
  • Chicago, Illinois
    Anadolu Agency via Getty Images
  • Manhattan, Nova York
    Anadolu Agency via Getty Images
  • Manhattan, Nova York
    Anadolu Agency via Getty Images
  • São Francisco, Califórnia
    Stephen Lam / Reuters
  • Manhattan, Nova York
    Andrew Kelly / Reuters
  • Chicago, Illinois
    Kamil Krzaczynski / Reuters
  • Boston, Massachusetts
    Mary Schwalm / Reuters
  • Chicago, Illinois
    Kamil Krzaczynski / Reuters

LEIA MAIS:

- Obama: 'Não sejam céticos. Não pensem que não podem mudar as coisas'

- Hillary às mulheres: 'Nada me fez mais feliz do que ser a campeã de vocês'

- Ex-refugiada de origem somali é eleita deputada estadual em Minnesota