Huffpost Brazil

Defesa de Claudia Leitte tenta reverter decisão de Ministério

Publicado: Atualizado:
CLAUDIA
TV Globo
Imprimir

Os advogados da cantora Claudia Leitte tentam reverter decisão do Ministério da Cultura que rejeitou a prestação de contas de um projeto de shows pelo Norte, Nordeste e Centro-Oeste com recursos via Lei Rouanet.

A pasta quer que a cantora devolva 1,2 milhão de reais aos cofres públicos por falta de comprovação da doação de ingressos. De acordo com informação da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, neste sábado, advogados alegam que a turnê “acarretou na democratização do acesso à cultura”.

O recurso apresentado pela defesa diz que houve a distribuição e que a maioria das entradas foi vendida a preço até inferior ao do projeto, de R$ 35. Para os advogados, proibir Claudia de captar pela Rouanet por três anos é injusto, já que “não houve dano ao erário”. O ministério tem 60 dias para decidir.

A história

A cantora Claudia Leitte teve rejeitada a prestação de contas de um projeto de shows pelo Norte, Nordeste e Centro-Oeste, que havia sido autorizado a captar recursos via Lei Rouanet. A jurada do reality show The Voice Brasil, da Globo, pediu autorização para captar 6,5 milhões de reais para 12 shows em 2013, e recebeu aval para 5,88 milhões de reais, dos quais captou o valor agora cobrado – mais exatamente, o Ministério da Cultura (MinC) pede de volta 1,27 milhão de reais para ao Fundo Nacional da Cultura.

Os shows aconteceram entre maio e julho de 2013 em doze capitais: Rio Branco (AC), Macapá (AP), Belém(PA), Manaus (AM), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR), Teresina (PI), João Pessoa (PB), São Luís (MA), Fortaleza (CE), Goiânia (GO) e Brasília (DF).

LEIA MAIS:

- Produtora de Claudia Leitte deixa na geladeira projeto de livro com recursos da Lei Rouanet

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
Fotos aéreas mostram como ricos e pobres vivem diferente
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção