Huffpost Brazil

Tudo que você queria saber sobre a superlua, mas tinha vergonha de perguntar

Publicado: Atualizado:
SUPERMOON
Anadolu Agency via Getty Images
Imprimir

Prepare o celular: nesta segunda-feira (14) de feriado prolongado é dia de usar suas redes sociais para postar fotos da maior superlua já vista nos últimos 68 anos.

É a lua vai estar 48,2 mil km mais próxima da Terra do que quando esteve recentemente no seu apogeu - que é o ponto mais distante da órbita. E, pasme: o nosso satélite não ficava tão perto assim desde 1948 e não voltará a fazê-lo até 2034. Portanto, aproveite!

Prepare o relógio

É seguro dizer que olhar para o céu com mais atenção entre 19h30 e 21h30 de hoje vai dar certo. Mas o horário exato para o fenômeno nesta segunda-feira é às 19h42. É que neste horário é fácil comparar o tamanho da lua com a silhueta dos prédios e das árvores.

O que acontece?

Como nas outras luas cheias, o satélite da Terra parece maior e mais brilhante quando aparece no horizonte. A diferença é que desta vez ela vai aparecer 14% maior e 30% mais luminosa.

Isso acontece porque a órbita da lua não é um círculo perfeito, então em alguns pontos de sua órbita ela parece estar mais próxima do planeta Terra. “Quando a lua está em seu ponto mais distante isso é conhecido como apogeu e quando está mais perto é chamado de perigeu”, explica o cientista da Nasa Noah Petro.

No perigeu, a lua está cerca de 48 mil quilômetros mais perto da Terra do que no apogeu. Essa proximidade faz com que a lua pareça 14% maior e 30% mais brilhante do que uma lua cheia do apogeu. Por isso, a lua cheia do perigeu ficou conhecida como superlua.

Como ocorre

Para atingir esse ápice de tamanho, a lua precisa passar por dois fenômenos distintos ao mesmo tempo.

Em primeiro lugar, precisa estar na fase cheia. Para isso, é preciso que a Lua esteja posicionada do lado oposto da Terra com relação ao Sol. Assim, vista do nosso planeta, ela fica completamente iluminada.

Em segundo lugar, o satélite precisa estar mais próximo da Terra que o normal. Isso só acontece porque a órbita da lua é elíptica. Ou seja, o caminho que ela faz ao redor da Terra não é um círculo perfeito. Por isso, a distância do satélite em relação à Terra varia bastante. O momento em que a lua passa mais longe do planeta é chamado de apogeu. Já a posição quando ela se encontra mais próxima é chamada de perigeu.

Qual a distância entre a Terra e a lua hoje?

supermoon

A distância média normal entre nosso planeta e o satélite é de 384 mil km. Na última superlua, em 16 de outubro deste ano, a separação chegou a 357,8 mil km e, na próxima segunda-feira, estará em 356,5 mil km.

Como observar melhor a superlua?

Para aproveitar ao máximo a vista dessas duas noites, vale a pena aproveitar o feriado e fugir da poluição luminosa dos grandes centros urbanos. Um céu escuro valoriza bastante a experiência da superlua e qualquer outro tipo de observação astronômica.

Uma lua 14% maior é bastante, mas sem referências de tamanho, dificulta perceber a diferença. O segredo aí é aproveitar o momento em que a lua começa a aparecer no céu, pertinho do horizonte.

O tempo vai ajudar?

Segundo o Climatempo, a previsão do tempo no anoitecer do dia 14 mostra é de chuva na região Sul, Norte e Centro-Oeste do Brasil. Portanto, a superlua deve aparecer entre as nuvens. No Norte e Nordeste, a superlua fica mais aparente já que não há previsão de chuva para atrapalhar o evento.

Se eu perder hoje, qual será minha próxima chance?

NÃO PERCA. Afinal, a próxima super-superlua só acontece em 25 de janeiro de 2034.

Com informações Agência Brasil, Superinteressante e Veja.

LEIA TAMBÉM:

- 'Lua vai iluminar os pensamentos...' Saiba como observar a superlua deste domingo

- Veja as mais lindas fotos da superlua deste domingo!

- PRE-PA-RA! Eclipse total da Lua deste domingo (27) só vai rolar de novo em 2033

Também no HuffPost Brasil

Close
As mais linda imagens da superlua deste domigno
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção