Huffpost Brazil

Mesmo preso, Garotinho tira onda com prisão de Cabral

Publicado: Atualizado:
GAROTINHO CABRAL
Montagem/Agência Brasil
Imprimir

Preso por suspeita de compra de votos, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) não deixou passar em branco a prisão do adversário político e também ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB).

Uma publicação desta quinta-feira (17) no blog de Garotinho alfineta: “A hora de Sérgio Cabral chegou”. O texto destaca que Garotinho já vinha denunciando a corrupção de Cabral.

"É importante destacar que a situação de Cabral é completamente diferente do caso de Garotinho. Cabral e seu grupo são acusados de receber R$ 224 milhões em propinas cobradas em grandes obras. Garotinho é acusado por dar o Cheque Cidadão às pessoas humildes de Campos. Garotinho não está sendo acusado de por desvio de dinheiro, nem por ato de improbidade. A prisão de Garotinho é uma retaliação pelas denúncias que afetam pessoas poderosas, é um jogo político-eleitoral, que já foi denunciado seguidas vezes aqui no blog, uma perseguição, uma covardia”, destaca a publicação.

Cabral foi preso na manhã desta quinta-feira por suspeita de desvios de recursos públicos em obras do governo. O prejuízo é estimado em mais de R$ 220 milhões.

Já Garotinho foi preso na quarta por suspeita de fraude eleitoral. De acordo com a Polícia Federal, o ex-governador teria usado o programa social Cheque Cidadão para comprar de votos.

O Rio de Janeiro está mergulhado em uma crise financeira, não tem dinheiro para pagar o 13º salários dos servidores.

LEIA TAMBÉM:

- Após Garotinho, Sergio Cabral é o 2º ex-governador do Rio preso pela PF

- Anthony Garotinho é preso por suspeita de compra de votos

- Temer nega preocupação com possível cassação no TSE e minimiza denúncias na Lava Jato

Mais no HuffPost Brasil:

Close
Entenda a Operação Lava Jato
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção