Huffpost Brazil

Deputado pede para Temer 'largar o satanismo' e ir 'correndo para Deus'

Publicado: Atualizado:
CABO DACIOLO
Reprodução / Facebook
Imprimir

Deputado federal no primeiro mandato, Cabo Daciolo (PTdoB-RJ) usou a tribuna do plenário da Câmara nesta quinta-feira para pedir que o presidente Michel Temer "abandone a maçonaria e o satanismo".

"Quero dizer ao Presidente Michel Temer que assim manda dizer o Senhor para ti — presta atenção ao que está sendo dito aqui agora —: abandone a maçonaria, abandone o satanismo e vem correndo para Deus. Vem correndo para Jesus Cristo. Arrependa-se dos seus pecados e vem correndo para Jesus Cristo."

Daciolo ganhou notoriedade em 2011. Na época, foi uma das lideranças da greve dos bombeiros no Rio de Janeiro e chegou a ficar nove dias preso em Bangu 1.

Em maio de 2015, foi expulso do PSOL após propor uma emenda à Constituição para mudar a frase "todo poder emana do povo" para "todo poder emana de Deus".

"Ele colidiu com um ponto fundamental do nosso partido, que é a defesa do Estado laico. Respeitamos todas as crenças, mas o discurso fundamentalista religioso não pode ser tolerado", justificou o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), líder da legenda na Câmara na época.

Dois meses antes, ele defendeu doze policiais acusados de participar da tortura e morte do pedreiro Amarildo Dias de Souza, em 2013.

LEIA TAMBÉM

- Homofóbico e fundamentalista religioso do Acre é barrado no PSol

- Ex-ministro que defendeu estancar Lava Jato se torna líder do governo Temer

- Defesa de Dilma disse que R$ 1 milhão de propina foi para Temer

Também no HuffPost Brasil:

Close
Quem já foi Deus?
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção