Huffpost Brazil

A cada hora, uma pessoa sofre crime de ódio em São Paulo

Publicado: Atualizado:
Imprimir

racism sao paulo

“Pessoas como você a gente coloca bem na linha de tiro". A lamentável frase ouvida por Maria de Fátima, 41 anos, negra, é um dos vários exemplos diários de crimes de ódio praticados em todo o país.

Segundo levantamento inédito da Secretaria da Segurança Pública (SSP) apurado pelo Estado de S. Paulo, as delegacias da capital registraram, em média, um crime de intolerância a cada 69 minutos no último ano.

De novembro de 2015 até o mês passado, foram ao menos 7.587 crimes de ódio, sendo 42,4% de intolerância racial. Em todos os grupos, os delitos mais cometidos são injúria e ameaça. As principais vítimas são negros, seguidos pelos LGBTs e pelos nordestinos.

Ler toda a história em O Estado de S.Paulo

Também no HuffPost Brasil

Close
2014: Casos de racismo envolvendo brasileiros
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção