Huffpost Brazil

Janaina Paschoal está decepcionada com Temer por ele 'segurar' ministro: 'Tem o dever de tomar providências'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

janaina paschoal

Uma das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Janaina Paschoal tem criticado o presidente Michel Temer após denúncia contra o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, em seu perfil no Twitter.

A jurista também comparou a conduta atual do peemedebista com a de Dilma. Janaina lembrou que defendeu o afastamento de integrantes da diretoria da Petrobras após as denúncias da Lava Jato, antes de apresentar o pedido de impedimento da petista.

Articulador político de Temer, Geddel é alvo de processo na Comissão de Ética da Presidência da República acusado de pressionar o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de pressão para obter favores pessoais.

De acordo com Calero, o peemedebista o pressionou para que o o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão do MinC, produzisse um parecer favorável a um empreendimento na zona nobre de Salvador, no qual Geddel em uma promessa de compra. Calero disse que o caso motivou sua decisão de pedir demissão na última sexta-feira (18).

Apesar da denúncia, o presidente resiste em afastar o ministro, um dos integrantes da cúpula do governo. O líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE), assim como o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) também têm minimizado o caso e apoiado a permanência de Geddel.

Caixa dois

Janaina comentou ainda as medidas contra corrupção em discussão na Câmara dos Deputados. O relatório do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) deve ser votado na comissão especial sobre o tema nesta quarta-feira (23).

Pressionado por deputados envolvidos na Lava Jato, Onyx mudou o parecer diversas vezes nos últimos dias. As principais polêmicas são deixar expressa uma anistia a crimes de caixa dois cometidos antes da lei em discussão e a previsão de punição para juízes e promotores por crime de responsabilidade.

A jurista disse que concorda com uma afirmação de Onyx de que não criarão, por ora, crimes de responsabilidade para juízes e promotores. Sobre o caixa dois, Janaina disse que não viu a anistia nos relatórios a que teve acesso.

LEIA TAMBÉM

- Janaina Paschoal e o medo da ameaça russa no Brasil

- Dilma Rousseff, Janaína Paschoal e a racionalidade

Também no HuffPost Brasil:

Close
Impeachment de Dilma Rousseff
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção