Huffpost Brazil

Chapecoense agradece ao Atlético Nacional: 'Não poderiam ter feito coisa mais maravilhosa'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

chapecoense

Andrei Copeti, diretor de comunicação da Chapecoense, devolveu o carinho recebido da torcida colombiana. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (1°).

"Nós ficamos muito emocionados. A gente está praticamente full time aqui [dentro do clube]. Mas, depois do nosso ato ontem a noite, fui para casa um pouco e vi a repetição de todo o evento do Atlético, onde estava nosso prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, e eles não poderiam ter feito coisa mais maravilhosa".

"Realmente, muito emocionante. E que prova que a proposta da Chapecoense de fazer um futebol diferente é possível", completou Andrei.

O prefeito de Chapecó seguiu em linha parecida. Ao final da celebração, ainda no gramado do estádio Anastasio Girardot, em Medellín, Buligon aproveitou para agradecer todo o respeito dos vizinhos latino-americanos.

"Chegar à Colômbia e ver o apoio que tivemos do governo, do taxista, do porteiro, do cidadão que está no hotel, que nos encontra na rua... Não tem preço. Muito obrigado a todos da Colômbia. Nós somos um time pequeno, nunca vimos tanta gente gritando "Chape, Chape". Como diz o Nacional no seu site, essa frase dá para levar para o resto das nossas vidas: a Chapecoense veio aqui com um sonho e saiu como um mito, como uma lenda do futebol", falou ao SporTV.

O próprio clube já havia se posicionado mais cedo, exibindo uma imagem aérea de Medellín na noite de ontem:


Galo 'respeita o luto'

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno informou, na manhã desta quinta-feira (1º), que o time não vai enfrentar a Chapecoense
pela última rodada do Brasileirão.

"Vim até aqui somente informar que o Atlético não irá jogar, não irá até Chapecó jogar a última partida. A gente acredita no esporte, a gente respeita a dor, não é o momento para cobrar de jogador nenhum a essência do esporte. Então já comuniquei à CBF, que concorda; já conversei com o presidente da CBF, Marco Polo, que concordou. Nessa partida o Atlético não irá. Provavelmente a maior punição é a perda dos três pontos, e como isso não altera a posição do time e o time não pode ser prejudicado, é o mínimo que se tem que ter pelos familiares, pela cidade, pelo estado e pelo país que está sofrendo com a tragédia essa semana".

A decisão do clube faz com que a "festa" sugerida pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Marco Polo Del Nero, para a última rodada da Série A não aconteça.

Tragédia interrompe sonho da Chape

A cidade de Chapecó, em Santa Catarina, e o futebol acordaram de luto na terça-feira (29). O acidente com o avião que levava a Chapecoense para a Medellín, na Colômbia, deixou 71 mortos.

Além dos jogadores, o avião levava a comissão técnica e funcionários da equipe da Chapecoense, e jornalistas que iriam cobrir o jogo a Copa Sul-Americana na quarta-feira, em Medellín, a primeira internacional da equipe do interior catarinense.

Segundo informações iniciais, o avião teria desaparecido do radar e feito um pouso forçado, devido a uma falha elétrica, em Cerro Gordo, Colômbia. A aeronave estava a apenas cinco minutos de voo do aeroporto mais próximo, mas o piloto teria tentado um pouso antes da chegada, esvaziado os tanques de combustível para evitar uma explosão.

O avião, que havia decolado de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, tinha como destino final o município colombiano de Medellín, onde a Chapecoense disputaria as finais da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na noite de quinta-feira (30).

Boletim médico oficial mais atualizado nas redes sociais da Chape:

LEIA MAIS:

- Os brasileiros acordaram com dois novos amores: Colômbia e Atlético Nacional

- 'Avião não tinha combustível suficiente para pouso em aeroporto alternativo', diz governo da Colômbia

- Número de sócios dispara após tragédia. E Chapecoense acha 'merecido' dividir título com Atlético Nacional

Também no HuffPost Brasil

Close
A comoção toma Chapecó e o mundo do futebol após o desastre na Colômbia
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção