Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

André Azevedo da Fonseca Headshot

Ensinar alguém exige alegria e esperança

Publicado: Atualizado:
SCHOOL HOPE
David Sacks via Getty Images
Imprimir

O ser humano não é um ser da desesperança que, aos poucos, vai sendo convertido ou não para a esperança. É o contrário: somos seres da esperança que, pelos mais variados motivos, acabamos forçados a nos amesquinhar e a nos encouraçar no cinismo e na desilusão.

É por isso que uma das lutas mais importantes na educação é contra tudo aquilo que quer nos imobilizar na desesperança.

Quem tem esperança não cruza os braços dizendo que "as coisas não têm jeito", ou que "a realidade é assim mesmo". O discurso que induz as pessoas à acomodação, ao silêncio e à imobilidade; aquele discurso que elogia o indivíduo passivo que aceita resignado as suas péssimas condições, é um discurso que nega a humanização que a educação deveria inspirar.

Veja mais no vídeo

LEIA MAIS:

- O papel da pornografia na cultura do estupro

- A censura na escola que oculta a reprodução ideológica

Também no HuffPost Brasil:

Close
'Escolas de Luta': Retratos das ocupações que sacudiram o Brasil
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual