Bárbara Semerene
Siga Bárbara Semerene
Bárbara Semerene foi editora e repórter na área de comportamento em revistas femininas e masculinas do mercado editorial em São Paulo. É autora do livro “Quer Namorar Comigo?”, da Editora Matrix, direcionado ao público adolescente. Atualmente vive em Brasília, onde trabalha como assessora de comunicação em órgãos públicos, e foi professora na faculdade de Jornalismo do Instituto de Ensino Superior de Brasília (IESB).

Posts de Bárbara Semerene

Por uma Nise da Silveira no sistema penitenciário brasileiro

(2) Comentários | Publicado 5 janeiro 2017 | 16:20

No caminho para o trabalho hoje pela manhã, me lembrei da Nise da Silveira, aquela psiquiatra que revolucionou o tratamento da loucura no Brasil no século passado, substituindo os violentos choques que na época costumavam aplicar para "ajustar" pessoas à sociedade por um tratamento que usava a arte...

Ler postagem

O fim do casal Bonner & Fátima e do mito do amor eterno

(3) Comentários | Publicado 9 setembro 2016 | 14:14

No último mês, testemunhei ao menos três separações. Duas grandes amigas minhas se divorciaram - ambas na faixa dos 40, com filho pequeno -, além do casal global Fátima Bernardes e William Bonner. Mas nada foi tão trágico quanto a reação da população brasileira ao rompimento da dupla televisiva.

O...

Ler postagem

Ter filho une as amigas

(0) Comentários | Publicado 27 agosto 2016 | 00:19

Há quem diga que ter filho une o casal. É uma frase bastante repetida por aí. Conheço muitos casos nos quais aconteceu o contrário...

Comigo, fato foi que ter filho me uniu às amigas - antigas e recentes, mas em ambos os casos, que também estavam vivenciando a

Ler postagem

Pais: Parem de educar seus filhos para serem campeões olímpicos

(1) Comentários | Publicado 19 agosto 2016 | 00:36

Não me surpreende que o Brasil esteja ganhando menos medalhas do que o esperado nos Jogos Olímpicos Rio 2016. A meu ver, a expectativa era "fantasiosa". Ganhar uma competição olímpica depende de muito mais do que esforço individual: é resultado de todo um aparato econômico-histórico-cultural que confere poder,...

Ler postagem

Caro recrutador, não me pergunte se tenho filhos

(11) Comentários | Publicado 4 agosto 2016 | 23:28

Aconteceu comigo mais de uma vez. A entrevista de emprego corria muito bem, obrigada. Eu via nos olhos do recrutador um evidente encantamento com a minha pessoa, com meu currículo e a experiência profissional que eu descrevia quando, em um clima falsamente descontraído, surge a pergunta: "Você tem filhos? De...

Ler postagem

Eu não sou o meu corpo

(2) Comentários | Publicado 24 junho 2016 | 18:04

Em um sábado de manhã, eu estava na aulinha de música do meu filho, quando um senhor calvo e gordinho veio em minha direção me perguntar onde eu havia feito o pré-primário. Ele se lembrou do meu rosto, que hoje provavelmente mantém alguns traços da menina que fui.

Quando...

Ler postagem

12 de junho: Uma data nada romântica

(0) Comentários | Publicado 6 junho 2016 | 18:06

Eu, neste fim de semana, sentada no sofá abraçadinha ao meu marido: "Amor, domingo é dia dos namorados".

Ele: Hummm... Posso ser sincero? Sempre achei essa data tão boba... Tô para te falar isso há sete anos...

Eu quase fiquei desapontada. Mas me perguntei se poderia acusar de falta de...

Ler postagem

Ensinar os filhos a abraçar o diferente

(0) Comentários | Publicado 25 maio 2016 | 17:58

Era o dia da Festa da Família da escola do meu filho. Eu esperava ansiosamente na plateia do auditório para assistir à apresentação que meu pequeno passou meses ensaiando em casa. Finalmente a cortina se abriu, e ele brilhou. Porém, alguém além do meu menino me chamou a atenção entre...

Ler postagem

De que lado você está?

(0) Comentários | Publicado 19 maio 2016 | 18:45

Ultimamente tenho sido invadida por duas sensações que detesto: 1. A de estar com uma faca no pescoço, encostada na parede; 2. A de me sentir obrigada a encostar os outros na parede, com a faca no pescoço.

Desde o começo do ano, amigos meus têm excluído outros amigos...

Ler postagem

O que eu vou ser quando envelhecer?

(0) Comentários | Publicado 12 abril 2016 | 13:53

Desde criança eu ouvia as pessoas dizerem que sou distraída. Vivia no meu mundinho particular, das ideias, sem prestar muita atenção no espaço físico ao meu redor. De fato, a cor da parede ou o material dos móveis nunca me chamaram muito a atenção. Mas, na verdade, eu não era...

Ler postagem

Uma reflexão sobre mães (e filhos) à beira de um ataque de nervos

(0) Comentários | Publicado 11 março 2016 | 18:18

Mãe: "Para de pular neste sofá agora."
Filho de 2 anos: "não vou parar".
Mãe (gritando): "SE VOCÊ NÃO PARAR AGORA NÃO VAI PARA A FESTA DA SUA AMIGUINHA DA ESCOLA NO FINAL DE SEMANA".
Filho de 2 anos: "vou sim"
Mãe: "NÃO VAI NÃO"
...

Ler postagem

Casamento: Quando os obstáculos viram trampolins

(0) Comentários | Publicado 18 dezembro 2015 | 20:40

Na fila do caixa de uma loja de departamento, véspera de Natal, uma mulher pedia para o marido experimentar a bolsa que pretendia comprar para a tia. O homem virava para lá, pra cá, exibindo o acessório pendurado no ombro, enquanto a esposa o analisava minuciosamente.

"Não, não gostei....

Ler postagem

Mães que não querem voltar para casa

(12) Comentários | Publicado 24 setembro 2015 | 00:29

Era domingo de manhã, eu tinha uma reunião importante no escritório na segunda-feira, e minhas unhas estavam um lixo. Eu não havia conseguido tempo para ir à manicure desde a semana anterior, enrolada entre trabalho, e vida de mãe/esposa/dona de casa. No sábado preferi passar o dia me divertindo com...

Ler postagem

Você está preparada para cortar os cabelos? Uma questão filosófica

(0) Comentários | Publicado 11 setembro 2015 | 18:49

Minha cabelereira é uma espécie de psicóloga. Na primeira vez que sentei em seu salão, falei: "Olha, eu adoraria cortar meu cabelo curto, pois desde que me entendo por gente eles são longos, nunca mudei a moldura. Mas não tenho coragem. Você acha que devo cortar?". Depois de uma breve...

Ler postagem

Detesto ser patroa

(1) Comentários | Publicado 10 agosto 2015 | 20:39

Desde que me casei e me tornei mãe, me senti obrigada a cumprir um papel no qual nunca havia me imaginado: o de "patroa". Como repórter, desenvolvi um olhar de cumplicidade em relação ao drama de trabalhadores e trabalhadoras de todas as classes sociais, convivendo mais de perto com seus...

Ler postagem

Por que as crianças nos encantam tanto?

(0) Comentários | Publicado 6 agosto 2015 | 17:06

Elas não são artigo raro. Estão por toda parte. No shopping, no supermercado, nas calçadas, brincando embaixo do prédio. Cerca de 3 milhões de crianças nascem a cada ano no Brasil. A maior parte segue o mesmo ritmo de desenvolvimento: aprende a sorrir, a sentar, depois a engatinhar, a andar,...

Ler postagem

Helloou, você não é um super-herói

(0) Comentários | Publicado 27 julho 2015 | 17:30

Já publiquei aqui neste Brasil Post um texto que questionava as mães de meninas sobre os valores por trás do incentivo às filhas a se identificarem com "princesas" (Você quer mesmo ser mãe de uma princesa?). Hoje, proponho uma reflexão às mães de meninos que incentivam seus filhos...

Ler postagem

Você quer ou queria querer?

(0) Comentários | Publicado 17 julho 2015 | 17:57

Depois de uma frustração por não ter conseguido um emprego ou após um pretenso namoro que não engatou, algumas vezes me perguntaram: "mas você realmente queria isso?". Eu tinha raiva dessa pergunta, poxa, era óbvio que eu queria, se não quisesse não estaria triste e desiludida. Com o tempo (e...

Ler postagem

A real sobre casamento e paixões, sem mitos

(0) Comentários | Publicado 10 julho 2015 | 16:58

Estou casada há seis anos. E há seis anos não me apaixono por outra pessoa a não ser o meu marido. Não sei se é por conta do casamento ou pura coincidência. Quem disse que, se estivesse solteira, teria me apaixonado por alguém? Paixões não acontecem assim, toda hora. Tampouco...

Ler postagem

Entre monstros, dinossauros e dragões

(0) Comentários | Publicado 25 junho 2015 | 19:58

Esses dias eu estava zapeando pelos canais infantis para escolher uma atração para meu filho de 2 anos assistir e parei no desenho animado "Enrolados", uma versão atual de Rapunzel. Passados 10 minutos de filme, eu vidrada na TV e meu pequeno resmungando: "muda de canal, mamãe, não gostei desse"....

Ler postagem