Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Brie Gowen Headshot

30 verdades que toda enfermeira quer que você saiba

Publicado: Atualizado:
NURSE
michaeljung via Getty Images
Imprimir

1. Gostamos do que fazemos, mas às vezes reclamamos porque tem muita gente que é idiota.

2. Temos as maiores bexigas do mundo.

3. Numa escala de dor de 0 a 10, 10 significa a pior dor que você sentiu na sua vida inteira. (Como se um urso tivesse acabado de arrancar seu braço.)

3. Provavelmente poderíamos dar um diagnóstico só com base no cheiro do seu cocô.

5. Mas enfermeiras não podem dar diagnósticos. Não é que queremos guardar segredos; é a lei.

6. Vamos para casa e ainda sentimos cheiro de xixi.

7. Odiamos o bip das bombas de infusão intravenosa tanto quando você... provavelmente ainda mais.

8. Não somos garçonetes, babás ou terapeutas. O hospital não é um programa de TV para você lavar sua roupa suja.

9. Como você, sempre queremos acertar a veia de primeira.

10. Não é que não conseguimos ser médicos; não quisemos.

11. Você não é nosso único paciente. Bem que gostaríamos.

12. Ninguém gosta de limpar cocô, mas fazemos isso para os pacientes porque nos importamos com eles.

13. Limpar cocô não é tudo o que fazemos.

14. Falando no assunto; ninguém sofreu impacto negativo na saúde por não fazer cocô todos os dias.

15. Você ficaria surpreso com a quantidade de coisas que temos de saber para não te matar.

16. Antibióticos não servem para tratar infecções virais, como resfriados comuns.

17. Gostamos de almoçar, e às vezes até dá tempo.

18. Não temos como ler a mente do seu médico. Podemos chegar perto, mas assim que dissermos "azul" ele vai dizer "vermelho". Então nos peça para fazer isso.

19. A maioria de nós também perdeu pessoas importantes. Entendemos.

20. Não ganhamos tanto dinheiro como você imagina.

21. Fazemos brincadeiras para lidar com o estresse, a ansiedade e o luto.

22. Acreditamos no que você diz, mas exames toxicológicos não mentem.

23. Vou deixar essa aqui:

Esta é a definição de reação alérgica: uma reação a um remédio é a resposta anormal do seu sistema imunológico a uma medicação. Os sintomas mais comuns de alergia a remédios são urticária, erupções cutâneas ou febre. Alergia a um medicamento não é a mesma coisa que efeito colateral, como constipação ou sonolência.

24. "Não consigo respirar" implicaria que você não consegue falar ou manter-se consciente. Se você não conseguir respirar vou enfiar um tubo na sua garganta.

25. Todo mundo é quente. Se não tiver, está morto.

26. Uma temperatura elevada é chamada febre. É um mecanismo natural do corpo para combater doenças.

27. Em geral não precisamos trabalhar cinco dias por semana. Quanta sorte. Em vez disso, trabalhamos dias extenuantes de 13 horas. Também trabalhamos nos fins de semana e nos feriados.

28. Ir ao pronto-socorro sugere que você tem alguma emergência. Emergências exigem cuidados imediatos, do contrário você pode morrer. Resfriados ou erupções cutâneas sem interferência na respiração (veja "não consigo respirar", acima) não são tipicamente considerados emergências.

29. Gostamos de tirar pausas no trabalho. Às vezes conseguimos. Por favor, entenda.

30. Mas, acima de tudo, amamos ser enfermeiros!

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- 10 segredos que os enfermeiros escondem de seus pacientes

- Enfermeira mais velha em atividade nos Estados Unidos completa 90 anos e quer te inspirar

Também no HuffPost Brasil:

Close
Fotos mostram a saúde desses bebês prematuros
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual