Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Christina Herr Headshot

5 palavrinhas essenciais para dizer a todas as mães de primeira viagem

Publicado: Atualizado:
NEWBORN
Camille Tokerud via Getty Images
Imprimir

Futuras mães, eu vejo vocês. Esfregando as costas na fila do mercado. Respirando fundo cada vez que se levanta ou se senta durante a missa. Ou talvez publicando fotos de barriga nas redes sociais, o que me faz pensar no tamanho do seu bebê em relação a diferentes frutas e vegetais.

Vocês estão animadas. Nervosas. Exultantes. Preocupadas. Cansadas. Energizadas. Impacientes. Esperançosas. Hesitantes. Tudo ao mesmo tempo. Eu vejo vocês. Eu já estive no seu lugar. E eu me preocupo se eu irei ou não viver à altura das expectativas deste doce bebêzinho que, sem dúvidas, fará para mim, sua mãe.

Será que eu vou dar tudo que ele precisa para ele se dar bem neste mundo caótico? Será que eu vou saber como confortá-lo? Como amá-lo da forma certa?

Existem cinco palavras que eu gostaria de ter conhecido e realmente compreendido antes de ter sido mãe por primeira vez. Cinco palavras que poderiam ter me ajudado a aliviar um pouco esse estresse que é causado pelas decisões que precisa tomar como mãe de primeira viagem.

Cinco palavras que eu espero você leve em consideração quando for registrar o chá de bebê, planejar o quartinho do bebê, estiver no caminho ao hospital ou talvez na banheira de nascimento arranjada na sua sala.

Cinco simples palavras -- preparada?

Seu. Bebê. Vai. Amar. Você.

Só isso. Seu bebê vai ficar extremamente apaixonado de você desde o começo e a melhor parte nisso tudo é que você não tem que fazer nada especial para seduzir este anjinho barulhento e perfeito - eles simplesmente vão amá-la naturalmente, de qualquer jeito, desde o Primeiro Dia.

É incondicional.

Eles irão amá-la caso você gaste uma boa grana em um armário cheio de roupinhas de algodão orgânico de boutiques finérrimas ou se você tiver comprado toda a sua roupa em brechós.

Caso você use panos ou fraldas descartáveis.

Caso você balance o bebê somente em seus braços ou no mais caro e mais recente e incrível balanço para bebês.

Caso você tenha ganho uns 12 quilos durante sua gravidez ou 25 (como aconteceu comigo, na primeira vez, mas essa é uma história para outro dia).

Caso você amamente ou dê leite de mamadeira.

Caso você volte ao trabalho depois de algumas semanas ou planeje ficar em casa com eles indefinidamente.

Caso você faça uma epidural ou não.

Caso você tenha escolhido um nome desde que era criança ou se você não faz a menor ideia e o seu bebê nasceu ontem.

Seu bebê vai adorar você porque você é sua mãezinha. Só isso. Não existe mais nada que você precisa fazer para garantir esse amor.

Meu filho mais velho acabou de fazer 7 e na outra noite quando ele disse que me amava na hora de dormir, eu brinquei com ele e perguntei, "mesmo quando estou de mau humor?" Eu devo admitir que eu tive um dia difícil. Minha paciência estava bem no limite a tarde toda e eu realmente estava esperando pela hora de dormir, deles e da minha.
Ele respondeu rapidamente, "Uh, claro! Você é a melhor mãe que eu já tive na vida!" Deixando de lado o fato que eu também sou a única mãe que ele jamais vai ter, mesmo assim eu aceito o elogio e sei que ele me ama desde o Primeiro Dia e continua a me amar, apesar de minha longa lista de imperfeições.

Mesmo que eu não tenha decorado antes de meu bebê nascer.

Mesmo por eu ter chorado na primeira noite de volta do hospital porque eu não tinha certeza se teria tempo de decorar todo o quarto e também porque eu estava convencida que ele estava faminto.
Mesmo que eu tenha armado o balanço só um pouco errado, resultando no infame incidente (e graças a Deus, sem perigo) em que ficou enrolado no início de 2009...

Mesmo que eu ainda cometa erros diariamente.

Então não tema, minha cara amiga grávida e cansada. Você que está com os tornozelos inchados. Que tem que fazer xixi umas 27 vezes por hora. Que chora ao ver qualquer coisa. Existem tantas decisões que você tem que tomar nesta jornada de nove meses, mas por favor lembre-se que quando o dia chegar e o seu novo filho ou filha ficar os olhos em você pela primeira vez...

Seu bebê vai adorar você.

mãe e bebê

E esse é um maravilhoso começo.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Das lutas que valem a pena entrar

- 'Não foi dessa vez. A dor do tentar é daquelas que fica cada vez pior.'

Também no HuffPost Brasil:

Close
25 selfies que mandam a real sobre a maternidade
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual