Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Courtney Ellis Headshot

10 coisas que você NÃO deve dizer a uma mãe que acabou de ter um bebê

Publicado: Atualizado:
POSTPARTUM MOM
KatarzynaBialasiewicz via Getty Images
Imprimir

As mulheres no puerpério, que deram à luz há pouco tempo, enfrentam vários desafios. O pós-parto é um momento de grande alegria, mas também de exaustão profunda, de transformações físicas, uma fase em que os hormônios se reajustam e que é acompanhada de toda a reviravolta profunda decorrente da chegada de um novo ser humano na família.

As pessoas têm boas intenções. De verdade. Mas as coisas que dizem, às vezes -fala sério.

1. E aí, vocês vão querer mais um?

Pelo amor de Deus, acabei de ter este bebê tipo uns nove minutos atrás!

2. Você está com a cara tão melhor agora!

Ah, tá, quer dizer que eu estava horrível quando estava grávida?

3. Acho que o corpo da pessoa muda um pouco depois de ter um filho, não?

É, um pouquinho. Afinal, um outro ser humano acabou de crescer dentro de mim! A maioria das grávidas sente constrangimento quando vê as mudanças em seu corpo. Esse constrangimento só perde para o que sente a maioria das mulheres no puerpério. Porque agora aquela pessoinha tão fofa que estava morando em seu útero está do lado de fora, e nós temos que encarar uma tarefa nada fácil: "conseguir nosso corpinho de volta".

A mulher puérpera tem um corpo, entendeu? Um corpo que ajudou a carregar e formar e criar outro corpo. Não precisamos conseguir nosso corpo de volta - ele nunca foi embora.

Mesmo assim, não é fácil vestir, cuidar de e viver em um corpo que está em transformação acelerada, especialmente quando esse corpo inclui algumas coisas que nunca antes teve, tipo pele abdominal solta, que, como notou Anne Lamott depois do nascimento de seu filho Sam, se deitava do lado dela na cama "como um cachorrinho".

Conselho: não chame atenção para o corpo de uma mãe no pós-parto. Se fizer questão de dizer alguma coisa, diga: "Você está ótima". E depois mude de assunto.

A mulher puérpera tem um corpo, entendeu? Um corpo que ajudou a carregar e formar e criar outro corpo. Não precisamos conseguir nosso corpo de volta - ele nunca foi embora.

4. Você parece que está hipercansada.

E você parece que é realmente mal-educada!

5. Não diga nada - nada mesmo! - que constitua uma crítica ao bebê, nem de longe.

Você se lembra da regra do coelhinho Tambor, de "Bambi"? Se você não tiver algo de simpático a dizer, não diga nada. As mulheres no pós-parto trabalharam duro por nove longos meses cheios de azia para trazer esta pessoinha ao mundo. Temos muito orgulho de nossa cria!

Não interessa se o bebê que você está vendo tem acne (nossos dois bebês tiveram), se ele é vesgo ou se ele tem uma língua bifurcada, como uma cobra. Diga que ele é lindo ou não diga nada.
Porque pense bem. Mesmo bebês que têm cara de velhinhos são bonitinhos daquele jeito de próprio de velhinhos.

6. Vocês ainda podem tentar de novo para ver se vem um menino/uma menina...

Isso é dito a pais que têm dois (ou três ou quatro) filhos do mesmo sexo. Não suponha, sem saber, que as pessoas estão decepcionadas por terem a casa cheia de meninas ou vice-versa.
Não interessa se o bebê que você está vendo tem acne (nossos dois bebês tiveram), se ele é vesgo ou se ele tem uma língua bifurcada, como uma cobra.

Diga que ele é lindo ou não diga nada.

Eu nunca me imaginei mãe de dois meninos, mas agora que sou, adoro. Se vou tentar de novo para ver se vem uma menina? Nem pensar. Ainda não fechamos a porta por completo para a ideia de um terceiro filho (se bem que ela esteja quase fechada), mas, se resolvermos ter mais um, ficaremos 1 milhão por cento felizes com um menino ou uma menina, tanto faz.

7. Ele/ela dorme bem?

Você está conseguindo dormir bem?

Bom, o bebê precisa mamar de DUAS EM DUAS HORAS. O que você acha?

8. Sério, ele não dorme bem? Já tentou farinha de arroz/embrulhar num cueiro/ruído branco/chupeta/ligar "Game of Thrones"/ficar na postura da árvore, sobre um pé, e ao mesmo tempo gargarejar com limonada e declamar um poema?

Claro, porque adoro ser bombardeada de conselhos que não pedi.

9. Como vão suas féri - quero dizer, sua licença-maternidade?

Estou curtindo demais. Ontem comi uma caixa de bombons e depois fui ao salão fazer pé, mão e cabelo.

Pensando bem, não foi bem assim. O nenê vomitou em cima de mim três vezes. Troquei a fralda dele 22 vezes, a roupinha toda dele quatro vezes e a minha roupa duas vezes, porque as fraldas nem sempre seguram tudo. Encarei uma montanha de roupa suja. Fiz uma sesta de um minuto inteiro. Levei o nenê ao pediatra pela segunda vez em três dias porque ele está com umas crostas e melequinhas saindo do olho. Dei de mamar por tanto tempo seguido que achei que meu mamilo tinha caído fora.

Nós duas ficamos supermal. Eu sabia que ainda estava parecendo grávida. Ela sabia que tinha acabado de me ofender demais. Foi HORRÍVEL.

Foi quase como estar numa praia do Havaí tomando um drinque com um daqueles guarda-chuvinhas - quase. Mas obrigada por perguntar.

10. Para quando é o parto?

A regra aqui é a seguinte: NÃO FAÇA ESSA PERGUNTA, NUNCA. NUNCA. JAMAIS. NUNCA MESMO. Por medo de que me perguntassem isso, eu fazia questão de ter nosso primeiro bebê fisicamente amarrado a mim no sling cada vez que saía de casa, durante o primeiro mês. Até o dia em que não fiz isso.

Eu estava na seção de bebês da Kohls e uma mulher mais velha com cara de ser um amor de pessoa chegou e perguntou: "Para quando é o nenê?"

E eu falei: "O nenê está no carro com o pai dele". E o silêncio de constrangimento que se formou entre nós deve ainda estar parado naquele corredor da Kohls até hoje, quase quatro anos mais tarde.

Nós duas ficamos supermal. Eu sabia que ainda estava parecendo grávida. Ela sabia que tinha acabado de me ofender, e muito. Foi HORRÍVEL.

O que você deve dizer?

Pergunte como estão as coisas. Diga que você está feliz de vê-la. Coloque-se à disposição para ajudar no que puder.

Você deu à luz recentemente? Qual é o melhor comentário/o mais bizarro/ o mais divertido que alguém já lhe fez?

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Esta mãe resolveu usar uma fralda para mostrar e falar sobre o lado REAL da maternidade

- Jennifer Aniston: 'Não estou grávida. O que estou é de saco cheio'

Também no HuffPost Brasil:

Close
25 selfies que mandam a real sobre a maternidade
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual