Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Jamie Oliver Headshot

Por que incentivar os pais a cozinhar com os filhos é importante para as famílias

Publicado: Atualizado:
JAMIE OLIVER
Imprimir

thriving families

Há pouco mais de 17 anos, em abril de 1999, apareci no primeiro episódio do programa de TV The Naked Chef. Mesmo naqueles primeiros momentos, minha intenção era inspirar os telespectadores a ir para a cozinha e botar a mão na massa, como os programas de Delia Smith e Keith Floyd fizeram comigo. Queria particularmente levar os meninos de volta para a cozinha - por algum motivo, cozinhar não era o tipo de atividade que os interessava. Queria provar que a cozinha não é lugar só de mulheres.

Não tinha ideia do fenômeno que The Naked Chef se tornaria. Lembrando daquela época, jamais imaginei que estaria aqui hoje escrevendo para o The Huffington Post e abrindo o mês das 'Thriving Families' (Famílias Prósperas, em tradução literal).

No fim das contas acabei inspirando bastante gente, incluindo muitos pais e mães. Nunca vou esquecer o dia em que fui perseguindo por esse cara enorme e musculoso. Quando ele me alcançou, realmente achei que estivesse com dias contados e que fosse levar um murro, mas ele simplesmente sorriu e disse: "Minha mulher disse que eu deveria começar a cozinhar por sua causa e, se tivesse te visto umas semanas atrás, teria te enchido de porrada. Mas na verdade estou adorando cozinhar e sou melhor que você!". Foi um daqueles momentos em que comecei a entender que a comida tem o poder de mudar a vida das pessoas para melhor.

Quando decidi atacar o problema da comida servida nas escolas, alguns anos depois, sabia que, se melhorássemos a alimentação das crianças nos 190 dias do ano em que eles estão em aula (e em muitos casos isso significa duas refeições por dia feitas fora de casa), seria um passo importantíssimo para melhorar a nutrição delas em geral.

Não me entenda mal, isso é muito poderoso, mas a verdadeira batalha é a que acontece em casa.

É por isso que a pesquisa YouGov realizada pelo The Huffington Post UK esta semana é muito interessante, mas também um pouco preocupante - os resultados significam que ainda temos um longo caminho pela frente quando se trata de inspirar pais e mães a cozinhar mais e melhor para seus filhos. O fato de que 18% dos pais admitem que estão mentindo sobre o que servem para seus filhos sugere que há muitos pais que sabem que deveriam estar preparando refeições mais nutritivas, mas que, por alguma razão, acham que não são capazes.

Ainda mais preocupante é a estatística que sugere que apenas 21% dos país cozinham com ingredientes frescos todos os dias, o que significa que a maioria das crianças ainda come alimentos processados. Quando você se depara com números dessa natureza, não surpreende que uma em cada cinco crianças seja obesa ou esteja acima do peso antes mesmo do começo do ensino fundamental.

Duas outras pesquisas recentes também merecem ser mencionadas. A Cancer Research UK afirmou no começo do mês que as crianças consideram a publicidade de junk food "viciante". Uma delas afirmou que tem vontade de "lamber a tela da TV". Enquanto isso, um estudo do Infant & Toddler Forum indica que 79% dos pais serviam porções grandes demais para seus filhos.

Essas pesquisas, além dos alertas regulares da British Medical Association, British Dental Association, National Obesity Forum e dezenas de outros especialistas, compõem uma leitura assombrosa.

Não quero fazer ninguém sentir-se mal e sei que muitas das decisões que você toma são ditadas pelo tempo. Mas cozinhar com ingredientes frescos não significa passar horas na frente do fogão. O que quero fazer é continuar a inspirar e a incentivar todos os pais que querem alimentar melhor seus filhos, a garantir para eles que seu arsenal tem todas as armas necessárias para isso, seja uma refeição rápida, cozinhar grandes quantidades de uma vez, cozinhar devagar -- o que funcionar melhor. Passei mais de dez anos trabalhando com educação alimentar, ensinando as pessoas a cozinhar, seja comprando um livro de receitas, assistindo um programa de TV ou fazendo um curso de culinária - ou, é claro, aproveitando todo o conteúdo gratuito no meu site, que está apenas a um clique de distância.

Um estudo realizado pela Deakin University, da Austrália, mostrou que as pessoas que fizeram meu curso Ministry of Food tinham maior propensão a continuar cozinhando com alimentos frescos e a comer mais frutas e legumes. Ademais, elas se sentiam mais saudáveis e mais confiantes. Outro estudo será publicado na semana que vem pela Universidade de Leeds. Saber cozinhar é uma habilidade essencial. Significa que você e sua família vão comer melhor. No final das contas, isso é muito importante para a luta global contra a obesidade e as doenças relacionadas à dieta.

Isso nos traz de volta à pesquisa do HuffPost UK, que revela que apenas 12% dos pais cozinham com os filhos todos os dias, e um em dez diz que nunca cozinha com as crianças.

Na minha opinião, isso é chocante e, para ser sincero, triste para essas crianças. Cozinhar junto é muito divertido (OK, faz bagunça, mas você tem de abraçá-la antes de começar - vale a pena). Também é uma das principais razões pelas quais algumas crianças têm uma variedade maior de alimentos em suas dietas. Se elas estiveram envolvidas no cultivo e no preparo da comida, é muito mais provável que queriam comer.

Nada supera esse sentimento de posse. Comece quando eles são pequenos, cortando ervas, macerando especiarias ou até mesmo espremendo frutas. As crianças serão mais saudáveis. Se estiver precisando de ideias, há montes de informações minhas e da minha mulher em JamieOliver.com.

Ensinar sobre comida para as crianças é obrigação dos pais ou guardiões. Para aqueles 175 dias do ano em que elas não estão na escola, deveríamos inspirá-las com vários alimentos frescos. Espero que a Estratégia para Obesidade Infantil do governo, há muito aguardada, inclua medidas para ajudar os pais, especialmente aqueles com menos recursos.

Cozinhar com as crianças é divertido. E, acima de tudo, vai ajudá-las a ter vidas longas e saudáveis. Então entre na cozinha com seus filhos - você não vai se arrepender.

O The Huffington Post UK está liderando uma iniciativa para ajudar as famílias a prosperar, com foco no bem estar dos pais, nos desafios dos pais que ficam em casa ou que trabalham e na navegação do cenário de ser pai nos dias de hoje. Para começar essa campanha, Jamie Oliver será nosso editor-convidado em 15 de julho, trazendo um foco sobre alimentação saudável para as famílias.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost UK e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Precisamos de uma revolução global na alimentação

- O bom moço da cozinha britânica

Também no HuffPost Brasil:

Close
Veja a origem de 8 comidas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual