Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Jane Ryan Headshot

A minha simples decisão pelo divórcio

Publicado: Atualizado:
DIVORCE
Shutterstock / zimmytws
Imprimir

É agosto do ano passado, e estou arrumando as malas para uma viagem de férias com a família - nenhum sinal de divórcio no horizonte. Dois dias depois, estou na viagem de férias, e a ideia é cristalina na minha cabeça e no meu corpo: preciso me divorciar.

A mudança de mulher casada para mulher que quer se divorciar aconteceu tão rápido que quase não acreditei. Meu casamento não era fácil, mas aceitava nossa dinâmica (com algumas exceções intoleráveis).

Não pensava regularmente em divórcio, assim como não achava que um dia fosse me divorciar. Pelo contrário. Estava determinada a continuar casada depois de tudo pelo que eu e meu marido passamos.

Oito meses antes, vivemos uma das piores fases do nosso casamento, e eu disse que não aguentava mais. Não usei a palavra divórcio, mas estava claro que aquela parte do nosso casamento era tão ruim que não desejaria/poderia continuar casada se nada mudasse.

Em agosto, aconteceu de novo. Sem pestanejar, no nível das células, tomei a decisão. Tinha firmado um compromisso comigo mesma e nem sequer estava consciente disso.

Gosto de fazer planos. Penso nos detalhes, nos ângulos e na logística. Essa mudança interna não teve nada disso. Não teve lista de prós e contras, não teve pesquisa sobre os caras disponíveis no mercado, não estudei a economia do divórcio. Eu não tinha plano B.

Eu estava com medo. Aterrorizada. Construí essa vida inteira, dois filhos, uma casa, um ritmo - e ia jogar tudo pelos ares. Meu lado racional me segurou um pouco. Respirei fundo e analisei meu casamento durante dois meses.

Fui sincera com algumas amigas sobre o que realmente estava acontecendo. Formei uma equipe. Observei meu marido. Queria ter certeza de que não era só um humor passageiro, mas sim uma mudança de verdade.

De fato, naqueles dois meses, não mudei de ideia. Pelo contrário: foi como se uma luz se acendesse na minha vida. Cada passo, cada dia parecia validar a decisão de abandonar o casamento.

Comecei a me sentir viva de uma maneira que não sentia havia muito tempo. Senti esperança e otimismo em relação à nova direção da minha vida.

Embora a mudança interna tenha sido clara, a decisão não foi fácil nem indolor. O processo até chegar ao pedido de divórcio e as semanas (meses) seguintes foram dificílimas, um dos períodos mais difíceis da minha vida até agora.

O luto pelo fim do meu casamento foi confuso e complicado - e ainda não acabou.

Me preparo para a mediação em um mês, e reflito sobre minha decisão de me divorciar, para sair em paz e plena do outro lado.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Aqui estão 7 ótimos conselhos (nada românticos) para pessoas casadas

- Ela transformou o casamento cancelado em um almoço para crianças carentes

Também no HuffPost Brasil:

  • 1
    SEAN LEBLANC
    “Animal e ser humano, grande e pequeno, escuridão e luz, quente e frio — esta imagem é cheia de esplêndidos contrastes que destacam seu êxito em muitos níveis além do óbvio senso de humor. Com os braços levantados para criar um triângulo, a pose do casal também remete às formas projetadas pelas pernas do cavalo.”
  • 2
    MELISSA SIGLER
    “Quando você planeja um casamento na praia, um dos convidados com o qual talvez não possa contar é a Mãe Natureza! Quando as ondas invadiram o retrato desse grupo, a fotógrafa continuou clicando e capturou as reações naturais que tornaram a foto mais personalizada e emocionante do que qualquer pose ‘perfeitamente executada’.”
  • 3
    WILLIAM LAMBELET
    “A condução da noiva em um palanquim dourado — de onde saíam faíscas — certamente era algo imperdível. O fotógrafo estava bem em frente da ação e capturou uma visão simétrica que combina perfeitamente com a extrema elegância e formalidade da chegada da noiva.”
  • 4
    PEDRO ALVAREZ
    “Mães raramente conseguem uma pausa — mesmo quando estão se arrumando para o próprio casamento. O fotógrafo capturou um momento de paz compartilhado por essa mãe multitarefa e o bebê, usando pouca profundidade para imprimir um pouco de modéstia.”
  • 5
    ANNA KUPERBERG
    “Embora os casamentos tenham um lado grandioso, público e chamativo, também são eventos inerentemente íntimos entre indivíduos. Os momentos mais delicados e privados — como esta carícia capturada de maneira simples e bela — são uma parte importante para contar a história real.”
  • 6
    BRETT YACOVELLA
    “Posar com as cabeças juntinhas no chão para uma foto no mesmo nível dos cachorros — tudo bem... até que o rosto de alguém seja pisado! Felizmente, o fotógrafo não parou de fotografar e capturou a risada do noivo. A foto resultante pode não ter sido planejada, mas, provavelmente, parece muito mais real para o casal do que se tudo tivesse dado ‘certo’.”
  • 7
    JOSEPH VICTOR STEFANCHIK
    “À medida que sobem a majestosa escada neste grande hall, as noivas aparecem bem pequenas no quadro. Mas, ao acrescentar luz de fundo, o fotógrafo criou sombras gigantes e dramáticas que fazem com que o amor delas preencha completamente o ambiente.”
  • 8
    LETICIA MUNIZ
    “Retratos de família podem exigir muita preparação, planejamento e organização — mesmo em um casamento onde todo mundo está junto. E, como esta foto demonstra, às vezes os resultados são ainda melhores quando as coisas não funcionam como planejado. Este retrato captura perfeitamente a realidade da vida familiar com todas suas personalidades, interações e um grande amor desorganizado.”
  • 9
    KRISTIN WILMERS
    “Um grande beijo e um mergulho — é uma combinação essencialmente romântica, e esta fotógrafa capturou todo o amor. Suas expressões, o entusiasmo dos convidados e o suave raio de sol aumentam o charme da fotografia.
  • 10
    CAROLINE ANNE
    “Fotografando um pátio de cima, a fotógrafa enquadrou lindamente este momento de puro romance. Os tons frios da piscina no primeiro plano e o céu azul da meia-noite contrastam com a cálida luz de velas em torno do casal, reforçando a sensação de amor e carinho.”
  • 11
    SERGEY LAPKOVSKY
    “Esta clássica imagem dos sapatos da noiva tomou um rumo completamente diferente quando o garotinho pressionou o nariz contra o vidro. Felizmente, o fotógrafo aproveitou o momento como uma oportunidade de ouro para criar algo inesperado!
  • 12
    JEFF NEWSOM
    Você tem de amar uma noiva que segue o fluxo — e admirar o fotógrafo que está logo ali com ela! As principais linhas da cerca direcionam nosso olhar para as personagens fortemente centradas, que utilizam inteligentemente uma piscina infantil para se proteger da chuva.”
  • 13
    MARIUS TUDOR
    “As roupas vibrantes dos convidados do casamento certamente mereciam uma fotografia de ângulo aberto, ampla e arrojada. Fotografando a partir de um balcão, o fotógrafo capturou todos os detalhes, mas se assegurou de que a noiva, com seu longo véu e cauda, ainda assim se destacasse como o principal foco entre os convidados.”
  • 14
    DAMIANO SALVADORI
    A troca de olhares entre a escultural jovem noiva e sua pequenina admiradora é atemporal e totalmente encantadora. Sua eficácia é resultado da justaposição do enquadramento das duas mulheres; a noiva em uma janela branca, e a senhora em uma porta escura.”
  • 15
    JEFF NEWSOM
    “Se o senso de humor compartilhado é um prenúncio de casamento feliz, essa gargalhada perfeitamente sincronizada do casal parece ser um sinal auspicioso. O fotógrafo capturou o ápice do momento e o fez de uma maneira totalmente elegante (uma façanha nada fácil com risos escancarados!).”
  • 16
    MAGDALENA STRAKOVA
    “A formalidade desta composição triangular, apresentada em um estilo sépia vintage, está agradavelmente em desacordo com a simplicidade do tema. É um daqueles momentos reveladores que os fotógrafos do Fearless se destacam em capturar.”
  • 17
    STAM CHANANAKHON
    “Inspirando-se nas poderosas linhas gráficas da parede em primeiro plano, a fotógrafa elaborou uma estratégia de pose igualmente gráfica para o noivo e seus convidados. A simetria e sutis pinceladas de cor em um campo predominantemente branco e preto proporcionam uma sensação forte e masculina — mas com humor suficiente para manter a alegria.”
  • 18
    CRYSTAL STOKES
    “Os casamentos têm a ver com conexão — e esta imagem calma e íntima conecta em todos os níveis. A pose fechada, com pouca profundidade, e suaves tons de preto e branco atraem nosso olhar diretamente para as expressões apaixonadas e relaxadas. Até mesmo suas sardas parecem interligadas.”
  • 19
    BRIAN MARK BOLANTE
    A partir do nível do solo, esta seria uma bela foto; do ponto de vista de um pássaro, é transformada em uma obra-prima da arte de contar histórias. O beijo do casal, o olhar das lindas damas de honra, a mão do ministro no altar — uma narrativa inteira é encapsulada neste enquadramento.”
  • 20
    DONATELLA BARBERA
    “A doçura de uma única lágrima, o olhar do noivo para sua noiva ainda não vista e a conexão de seu gesto confortador — há uma narrativa muito emocional aqui. O resultado é ainda mais eficaz através do contraste com seu traje militar rigidamente tradicional.”
  • 21
    LANNY MANN
    “Com seus vestidos azuis combinando, essas damas de diferentes gerações são o par perfeito. O fotógrafo capturou a distinta acrobacia da garotinha e a tornou ainda mais engraçada ao justapor sua figura contra a inflexível postura dos adultos.”
  • 22
    CHRISTIAAN DE GROOT
    “Quem poderia resistir a estes rostos genuinamente felizes sorrindo para a noiva? Este fotógrafo sabia que não precisávamos ver o rosto da noiva para sentir o amor! (Mas os lindos detalhes na parte de trás do vestido certamente aumentam o encanto e tornam a foto ainda mais especial).”
  • 23
    DANIEL RIBEIRO
    “Um retrato normal da noiva com sua amada parente idosa seria muito menos rico do que este reflexo à distância. O gesto terno no espelho é adoravelmente justaposto com a imagem religiosa e outros itens pessoais simples em primeiro plano.”
  • 24
    MARTINO BUZZI
    “Com certeza, o fotógrafo poderia ter ampliado o foco para obter uma visão tradicional do primeiro beijo —, mas a reação do garotinho comemorando com o braço para cima acrescenta muito à história. É um doce momento que o casal, de outra forma, teria provavelmente perdido.”
  • 25
    NEI BERNARDES
    “Um campo aparentemente infinito com luzes de fadas criaram o cenário mágico perfeito para retratar uma dança. Inclinando em direção às fileiras iluminadas.