Huffpost Brazil
Julien Smith Headshot

Como ler um livro por semana

Publicado: Atualizado:
Print Article

Sim, eu finalmente consegui. Li mais de um livro por semana durante todo o ano passado.

Mais que isso -- nunca me atrasei ou parei. Estive sempre à frente do calendário o ano inteiro. Então agora, neste ano, adivinhe? Eu gostaria que você fizesse a mesma coisa. Veja como.

Por que, em nome de Deus, você ia querer fazer isso?

É incrível. Você tem uma quantidade incrível de ideias. Ajuda-o a pensar melhor. É melhor que a TV e até que a internet. Faz você entender melhor o mundo. É um tijolo que ajuda a construir um hábito de conclusão. Eu já disse que é incrível? Não importa, apenas faça.

Por que um por semana?

Em primeiro lugar, por que tantos, por que não apenas "ler mais livros"? Eu diria que estabelecer uma meta enorme, uma coisa maluca como um por semana, realmente ajuda. Para fazer uma comparação, o corpo reage com força a grandes ferimentos, empregando uma energia significativa para curá-los. Os pequenos ferimentos não chamam muito a atenção, o que pode fazer que às vezes levem mais tempo para sarar. Assim, definir uma meta difícil o fará levá-la mais a sério.

Então essa é a primeira coisa. Adote um objetivo enorme e irracional, que o faça enlouquecer um pouco.

Um dia de cada vez

O livro médio que eu li devia ter de 250 a 300 páginas. Alguns eram maiores, outros menores. Eu os dividi em 40 páginas por dia, que lia cedo para conseguir terminar logo. É uma meta fácil e administrável, que não parece tão desafiadora quanto 52 livros por ano. Isso é crítico para administrar seu estado emocional, fazendo-o parecer totalmente razoável.

Adote uma rotina e siga-a

Hoje eu tenho o hábito de me levantar, tomar uma ducha, etc., e então sair para tomar o café da manhã todos os dias, sentado no balcão da mesma padaria, e beber café até terminar de ler minhas 40 páginas.
Por que faço isso? Porque sei que sou meio preguiçoso. Aposto que você também pode admitir isso para si mesmo, e fazê-lo o ajudará a colocar tudo no lugar certo.

Ah, e uma #dicadeprofisional: comece cedo, o mais cedo possível. Como as páginas matinais de The Artist's Way's e o regime de exercícios de Twyla Tharp (em The Creative Habit: Learn It and Use It for Life), deve ocorrer cedo ou deixaremos para lá. Isto vale para todos os hábitos -- você precisa encadear uns aos outros para que funcionem.

Use todos os momentos

Se você usa transporte público, aproveite. Se tiver uma pausa para o almoço, use-a. Isto é algo que estou pensando agora, mas a capacidade de puxar seu livro rapidamente e ler duas páginas o ajudará de modo significativo, especialmente para seguir adiante, que será seu maior ativo e lhe dará uma sensação recompensadora. Além disso, seguir em frente o ajudará a ter tempo para os livros difíceis, que são realmente densos e merecem que se demore mais.

Tudo bem desistir... mais ou menos

Se algum livro for (ou parecer) uma droga, tudo bem desistir dele -- por enquanto. Você pode fazer isso quando estiver adiantado no programa e não vai prejudicá-lo muito, e depois pode voltar para aquele livro de vez em quando até terminá-lo.

Fiz isso diversas vezes este ano, o que significa que provavelmente comecei entre 60 e 65 livros (terminei 54).

Tudo bem trapacear

Seu prazo está quase terminando, e você acha que poderá ficar atrasado? Que droga! Está bem, é hora de trapacear. Escolha um livro rápido e leia-o, algo que talvez já tenha lido antes e de que gostou muito, e pode passar voando por ele.

"Isso é trapaça", você poderá dizer. Eu concordaria. Mas a trapaça em curto prazo para ajudá-lo a ter sucesso em longo prazo nessa meta é mais importante que a ideia teimosa de que cada livro que você ler tem de ser um Guerra e Paz. Não. Isto é para enriquecer sua vida, e não para fazê-lo se sentir uma porcaria.

Aliás, os pequenos livros também podem ser incríveis. Este ano eu li os seguintes livros que eram pequenos mas ótimos: The Dip, The Little Red Book of Selling, The Five Secrets You Must Discover Before You Die, Man's Search For Meaning, Vagabonding e Of the Dawn of Freedom.

Nunca se atrase

Nunca "deva um a si mesmo" ou deduza da conta, dizendo que retomará mais tarde. Seu prazo semanal o ajudará a se manter no ritmo, mas atrasar-se poderá fazê-lo sentir-se perdido e pensar em desistir. Você tem de controlar seu estado emocional para não cair a esse nível, onde sente que é impossível, etc., e você faz isso estando sempre à frente do programa.

Concluindo

A leitura fez de mim uma pessoa muito melhor, mais completa e mais feliz. Toda a sabedoria do mundo está contida nos livros -- a maior parte dela não está na internet ou é conhecida pelas pessoas do seu grupo social, portanto, eles realmente podem ajudá-lo a se expandir, se você permitir. Então comece hoje.

Tudo de bom este ano para você.