Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Lauren Plotkin Headshot

Por que tenho medo de ter um segundo filho

Publicado: Atualizado:
LAUREN E SUA FILHA
arquivo pessoal
Imprimir

Uma das coisas que meu marido e eu conversamos bastante ultimamente é quando nós devemos começar a tentar um segundo filho (não, não estou grávida).

Os dois queremos aumentar a família eventualmente, mas existe essa coisinha que me deixa nervosa e me segura. Vou te dizer, mas tente não me julgar.

Preparado?

Aqui está: tenho medo que eu não ame meu segundo filho tanto quanto amo o meu primeiro.

Pronto. Falei.

Eu sei, eu sei. Você acha que sou boba/louca/egoísta/ou outra coisa e talvez eu seja, mas realmente isso é da minha conta. Já falei bastante sobre minha cunhada que se sente da mesma forma (tá vendo? Não estou totalmente sozinha nessa!) e talvez acho que nós sabemos em nossos corações que devemos, é claro, amar nossos próximos filhos como o primeiro.

Porque, logicamente, como não amar? Mas, de um outro ponto de vista, existe a sensação que um segundo filho irá de alguma forma reduzir a relação e o amor que você sente pelo primeiro. Que talvez não será tão especial agora que existem dois.

O amor que sinto pelo meu bebê é o amor mais profundo que já senti. É totalmente consumidor. Não tem comparação nem paralelo, e nada o supera. E eu não consigo me imaginar sendo suficientemente sortuda para sentir isso duas vezes na vida. Ano passado, ela se tornou minha pequena comparsa. Minha parceira de todas as horas. Minha amiguinha.

Eu adoro passar tempo com ela e pensar em dividir minha atenção entre ela e outro bebê parte meu coração. A ideia de não estar lá para ela somente e como ela lidará com isso parte me deixa mal. Saber que haverá momentos de frustração e pequenos temperamentos e comentários afiados que podem ser lançados contra ela potencialmente já me deixam com o pior tipo de culpa de ser mãe.

Então está aí. Tudo exposto e o desagradável para que todos vejam. Os motivos mais estranhos e deturpados por trás do meu medo.

Mas, claro, existem outras razões para estar assustada/nervosa em ter um segundo filho. Tudo isso passou pela minha mente em algum momento. Existe o fato que existe muitoooo mais trabalho. Ouço dizer que ter dois filhos significa ter duas vezes o trabalho e que parece mais quatro vezes o trabalho.

Com a Olivia, eu acho que acertei o passo, entrei no ritmo, entendi a melodia, e tem sido ... ouso dizer, fácil? Eu finalmente consegui acertar essa coisa de ser mãe e outro bebê vai vir e dizer, ah tá!

E também, a Olivia é uma bebê tão boazinha, tem um temperamento tão bom, dorme e come bem, enfim, é uma criança feliz. Eu sei que você está pensando dane-se neste exato momento, mas acredite, eu não atribuo nada disso às minhas habilidades de mãe.

Eu apenas tive sorte e acho que agora devo ao universo por ter um primeiro filho bom, e que meu segundo será um monstrinho. Quero dizer, faz sentido isso??

E todas essas razões são válidas também. E eu tenho certeza que todos podemos pensar em várias outras razões se realmente quisermos cagar nas calças. Mas não é esse o ponto deste artigo. Talvez o ponto é convencer a mim mesma a pular. Lembrar-me que não há nada como um bebê recém-nascido.

E talvez a única coisa melhor que um bebê novinho em folha é observar seu primeiro filho segurar seu bebê mais novo. Talvez o que eu esteja sugerindo é que em vez de ter um segundo filho empurrando seu primeiro filho e apertando o seu coração, talvez seu coração apenas cresça.

Pelo menos é o que espero.

Por enquanto, eu vou continuar mimando a minha única e exclusiva filhinha o máximo que puder.
Será que mais alguém pensa assim? Será que mais alguma mãe, com mais de um filho, se sente assim?

Tradução: Simone Palma

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Minha mulher e eu nunca dissemos 'não' para nossos filhos. Eis o que aconteceu

- 10 coisas que você NÃO deve dizer a uma mãe que acabou de ter um bebê

Também no HuffPost Brasil:

Close
25 selfies que mandam a real sobre a maternidade
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual