Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Michele Panzan Headshot

HPV compromete fertilidade masculina e merece atenção dos homens

Publicado: Atualizado:
SEXUALLY TRANSMITTED DISEASES
RobertoDavid via Getty Images
Imprimir

Vírus afeta a motilidade dos espermatozoides e a capacidade de formar embriões saudáveis

O papiloma vírus humano (HPV) é a mais comum das doenças sexualmente transmissíveis. Além das conhecidas manifestações físicas, como verrugas ou o desenvolvimento de cânceres, foi encontrada recentemente uma ligação entre o vírus e uma piora na saúde fértil masculina. Essa é uma nova descoberta de mais um fator masculino que pode levar a dificuldades para alcançar a gestação - hoje, 40% dos casos de infertilidade tem origem no homem.

Um estudo desenvolvido pela Universidade de Pádua, na Itália, realizado entre 2014 e 2015, analisou 450 pacientes e mostrou que 80% sem HPV tiveram gestação espontânea. Entre os infectados, foram apenas 14%. Quando gerou um embrião, o vírus também revelou o aumento do índice de abortos espontâneos, que chegou a 62,5% - mais da metade dos casos.

Descobriu-se também que o HPV pode interferir na capacidade de deslocamento dos espermatozoides, o que dificulta a chegada ao óvulo e a formação de um embrião saudável. Isso ocorre, pois a presença do HPV carrega o entorno da cabeça do espermatozoide e pode influenciar os oócitos, que são células responsáveis por dar origem ao óvulo.

A separação de esperma que é realizada de forma convencional não consegue eliminar o vírus, mas podemos adotar medidas laboratoriais para tentar eliminá-lo da amostra seminal. Vale ressaltar que o uso de camisinha para evitar a proliferação do vírus é ainda o método mais efetivo de combate ao HPV.

Além dessa revelação, a pesquisa italiana trouxe um alento. A vacina quadrivalente se provou efetiva para quatro tipos de HPV. Testada em 34 pacientes, ela reduziu o tempo de limpeza do organismo para aproximadamente 10 meses, menos da metade do tempo normal. 40% dos pacientes vacinados alcançaram a gravidez natural após seis meses.

LEIA MAIS:

- Congelamento de sêmen pode preservar fertilidade de pacientes com câncer de próstata

-
Idade do homem já está entre as causas de infertilidade

Também no HuffPost Brasil:
Close
15 profissões mais perigosas para saúde
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual