Huffpost Brazil
BLOG

Apresenta novidades e análises em tempo real da equipe de colaboradores do HuffPost Brasil

Rodrigo Borges Headshot

O problema do problema do problema

Publicado: Atualizado:
Imprimir

2016-07-29-1469832660-2394606-Calmagente_Post2601.png

Viver é resolver problemas. Mas resolvê-los pode ser complicado demais. Ainda mais aqueles cabeludos, em que a gente nem sabe por onde começar. Esses são os piores, porque são difíceis até de entender.

Se dizem que o primeiro passo para resolver um problema é reconhecer que se tem um, o segundo é entendê-lo.

Diariamente, desafios são apresentados a nós, no trabalho, na convivência com amigos e família, na internet, em momentos de lazer, enfim, em todo canto.

Alguns a gente resolve com prazer e empenho, outros a gente prefere deixar pra lá, tão complicados que são.

Mas o que torna um problema mais complicado? Muitas vezes são nossas limitações. Eu mesmo sou péssimo em resolver problemas de matemática. Tenho dificuldade de me concentrar com números e, quando vejo, errei uma conta simples em meio a uma série de operações bem mais complicadas.

Um outro complicador é lidar com problemas que estão diretamente conectados a outros problemas.

É só lembrar como pode ser difícil tomar decisões financeiras pessoais - viajar, ou comprar um carro, ou ter filho ou investir na Bolsa de Valores - e resolver algumas questões no trabalho - mudar uma estrutura que não está funcionando, trocar um funcionário, planejar o futuro. Uma coisa leva a outra e, quando percebemos, estamos resolvendo os problemas mais fáceis, que não dependem da solução de outros.

Entretanto, é solucionando os problemas mais complicados que mais crescemos. E, se você está disposto a evoluir, precisa encará-los. Eu acredito que você pode superá-los. E posso dizer isso sem nem mesmo te conhecer. Porque, como eu já disse, viver é resolver problemas.

Refletir é essencial e te ajudará a perceber quais são as variáveis de um problema. A partir dessa percepção, você poderá priorizar uma ordem de soluções (da mais fácil à mais difícil, da mais demorada à mais rápida etc) e agir.

As conquistas no meio do caminho servirão de incentivo para seguir em frente, e os erros podem servir de aprendizado. O que não dá é viver cheio de problemas aparentemente sem solução, postergando os mais complicados e esperando a vida acontecer. Vai lá! Você consegue!

LEIA MAIS:

- É possível tirar fotos aproveitando a vida

- Comentando no Facebook nos anos 80

Também no HuffPost Brasil:

Close
Conselhos para cuidar de sua saúde mental
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual